Centro Cultural

Rua Moncorvo Filho, 56 - Centro

Barracão

Rua Rivadávia, 60, Barracão 9 - Gamboa

Espaço Cultural (Quadra)

Av. Presidente Vargas, 3102 - Cidade Nova

Criação e desenvolvimento GRES São Clemente. Todos os direitos reservados.

POUCA SAÚDE, MUITA SAÚVA, OS MALES DO BRASIL SÃO

carnaval de 1986

Compositores:

Intérprete:

Geraldão

 

Desperta Brasil
Desse coma entre vorazes tubarões
Vindo por terra ou por mares
Poluindo nosso ares, explorando nosso chão
Impondo ordens em receitas estrangeiras
No acoito das saúvas brasileiras
De Norte a Sul "Brasil-Invest" por aí
E outros males como FMI
Mate a saúva antes dela te matar
O peso é muito para um morto carregar
Pouca saúde, pouca grana pra gastar
Oh! Seu ministro onde a coisa vai parar?
Oh! Que tristeza, a realidade brasileira
A malária que era só do Norte
No Sudeste chegou forte, correu a nação inteira
O arlequim ficou biruta e ri à toa
Da Colombina tão bonita e tão sacana
Dona de um banco de sangue tão bacana
Que deixou o Pierrot descascando uma banana

Fila pra lá, fila pra cá
Pra marcar a hora certa do defunto desfilar


Mas que saudade
Dos tempos idos que não voltam mais
Vovó quando doente era curada
Com elixir, biotônico e outros chás
Jeca Tatu tão doente e explorado
Espera a salvação chegar
Mais a diligência da saúde
Vem puxada por saúvas
Que a nova república deu fim... no Delfim

Ai de mim
É AIDS sim!
Paetês e silicones desfilando por aí
E os meus direitos humanos
A São Clemente cobre na Sapucaí

VOLTAR